Eco Chic: o último em decoração

Impulsionado por pessoas inquietas por encontrar um fim produtivo aos milhões de resíduos que se geram a diário nas cidades e mais especificamente, em cada uma de nossas moradas, o modelo decorativo Eco Chic permite fazer duas atividades numa: reciclar e enfeitar.

O vidro de garrafas, plástico, papel de revistas e diários, papelão, eletrodomésticos velhos e qualquer móvel de madeira velha, hoje em dia são recebidos por empresas que reutilizam cada uma de suas peças, dando-lhes novas formas e novos usos.

O plástico é o ponto mais funcional, já que a partir dele, podem-se criar coisas tão variantes como uma cadeira que aparente ser de vidro, até um jogo de louça ou uma mesa. O mesmo sucede com o vidro, ainda que hoje em dia, os principais usos que se lhe está dando são para elementos decorativos ou louça também.

Claro está, certas coisas as podemos fazer nós mesmos; por exemplo se uma árvore se quebrou no fundo de casa. Dele se podem obter banquinhos, cadeiras, mesas.

As luminárias cada dia trabalham mais o tema da eficiência; as luzes LED são mais custosas mas consomem muito menos, enquanto muitas outras estão optando por ideias tão singelas, como usar telas que tenham espelhos, de modo de refletir a luz natural o maior tempo possível.

A idéia do Eco Chic é apontar a ser eficiente energeticamente e ser seleto nos materiais que se utilizam tanto para construir como para os móveis ou a decoração. Por que Chic?, pela simples razão que uma cortina barata traz inumeráveis produtos químicos em seu processo, enquanto uma feita ao natural por um artesão, com fios orgânicos, é mais cara. Esse mesmo exemplo se pode levar a pinturas da parede, revestimento do andar, tapetes, cadeirões ou qualquer outro elemento.

Compartir...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>